História

O Centro de Recreio Popular da Freguesia de Lavra, é uma associação sem fins lucrativos, fundada em 27 de Janeiro de 1955, fruto da vontade e do crer de um grupo de homens naturais do lugar de Pampelido, com uma levada consciência solidária e de forte ideal coletivo.

Iniciou a sua atividade com uma forte aposta na cultura e no lazer, colocando o seu foco no teatro, ensaiando várias peças, ainda em casas emprestadas, situadas na rua do Marreco, inicialmente na casa da D. Carolina do "Bouças" e mais tarde na casa do "Rabela". Peças essas que levadas a cena por um grupo de artistas amadores, naturais da nossa terra, proporcionaram aos lavrenses e às populações do grande porto momentos inesquecíveis de alegria e diversão.

No final da década de 70, com a ambição de fazer sempre melhor e de garantir condições mais apropriadas para o convívio dos seus associados, o CRPF de Lavra, tomou de aluguer novas instalações situadas na rua de Pampelido Velho, onde manteve a sua sede social por alguns anos.

Com este novo espaço e com um aumento significativo do número de associados, o CRPF de Lavra ganha maior dimensão e uma nova pujança, começando desde então a afirmar-se como uma coletividade de referência no concelho de Matosinhos, organizando prestigiados torneios de sueca, Ténis de mesa, e etc.

Anos mais tarde, num terreno com cerca de 2700m², situado no largo do Marreco, dá-se início à construção de instalações próprias. Na primeira fase a construção foi realizada em madeira, dispondo de um espaço destinado ao bar social de outro destinado a atividades culturais e recreativas.

Mais tarde, submeteu-se a licenciamento camarário o projeto das instalações definitivas, iniciando-se logo após o diferimento do pedido de licenciamento a sua construção.

Assim, dia após dia, fim-de-semana após fim-de-semana, com a colaboração de grande parte dos seus associados, se ergueu um dos maiores complexos associativos do concelho de Matosinhos.

Em Agosto de 1998, após muita ponderação por parte da Direção atual, inaugurou-se a secção de hóquei em patins do CRPF de Lavra.

A forte aposta no desporto desenvolvida pelo CRPF de Lavra, de imediato da enormes resultados, conseguindo num curto espaço de tempo o seguinte palmarés:

Campeão Nacional de Infantis "B"- 98/99
Campeão Distrital de Infantis "B" - 98/99
V. Prova de Encerramento Infantis "A"99/00
Campeão Distrital de Infantis "A" - 2000/01
Vencedor da Taça Nacional de Infantis "A"2000/01

Campeão Nacional de Séniores Masculinos - 3ª Divisão - época 2001/02Campeão da Série A do Campeonato Nacional de Séniores Masculinos - 3ª Divisão - época 2017/18

Vice-Campeão Nacional de Séniores Masculinos - 3ª Divisão - época 2017/18

Neste momento o clube vive um momento pujante da sua história recente e conta com duas modalidades, o hóquei em patins e a patinagem artística, com cerca de 150 praticantes. Modalidades alavancadas nos últimos anos com a construção de um novo pavilhão, mais moderno e mais funcional.

Após longas negociações, em Março de 2013, foi assinado o protocolo no qual se estabeleceu a parceria entre o CRPF de Lavra e a Câmara Municipal de Matosinhos com vista à construção e utilização de novas instalações sociais e desportivas da coletividade.

As referidas instalações situam-se na Rua Padre Manuel Teixeira de Melo, em Lavra.

Depois de vários anos na 2ª divisão, a equipa sénior em 2015/16 desce à 3ª divisão.
Na época 2016/17 trava uma luta pela subida mas que não consegue alcançar ficando no 3º lugar da tabela classificativa. Logo aí ficaram estipulados os objetivos da época 2017/18, o CRPF Lavra tinha de subir à 2ª divisão nacional e lutar pelo título de campeão nacional da 3ª divisão.

Os objetivos foram alcançados de forma brilhante no que toca à subida de divisão, o clube vence 21 dos 22 jogos da sua série e sagra-se vencedor da mesma, garantido de imediato a subida de divisão.

De seguida lutou pelo título de campeão nacional, não tendo alcançado esse objetivo nada se pode colocar em causa, fomos uns dignos vice-campeões.

O clube terá na próxima época uma dura batalha na já anunciada muito forte 2ª divisão nacional. Precisa do apoio de todos para continuar a levar a cabo um trabalho de qualidade na formação e no escalão sénior e veteranos.

Os próximos tempos são desafiantes, temos a modalidade de Patinagem Artística em franca ascensão, conta com cerca de 50 atletas sob a coordenação do Prof. Hugo Chapouto e o treino da Prof. Fernanda Ferreira.

Agradecemos ao Rolar de Matosinhos o apoio e suporte que nos deu no arranque deste projeto.

Na próxima temporada a Academia Ringo continuará a receber os iniciantes à Patinagem e estaremos em competição com 2 equipas de Benjamins, 2 equipas de Escolares, 1 equipa de Sub13, uma equipa de sub15, uma equipa de sub20, seniores e veteranos.

O Lema Juntos Somos Mais Fortes nunca foi tão importante de seguir à risca.